EIRA   Notícias       Agenda       Artistas Associados       Festival        Teatro da Voz       Sobre a EIRA       1993-2013        Contactos      
   pt  |  eng 
FRANCISCO CAMACHO

Biografia
Novas Criações
Em Circulação
Outros Projectos
Arquivo






 

É coreógrafo, bailarino, membro fundador e director artístico da EIRA; nasceu, vive e trabalha em Lisboa.

As suas criações circulam pela Europa, América, Médio-Oriente, Ásia e África desde 1988.

Foi galardoado com o Prémio Bordalo da Casa da Imprensa na área da Dança (1995 e 1997) e com o Prémio ACARTE/Maria Madalena de Azeredo Perdigão da Fundação Calouste Gulbenkian (1994/95). 

Coreografou e interpretou os solos 'O Rei no Exílio' (1991, filmado para a RTP, com realização de Bruno d'Almeida), 'Nossa Senhora das Flores' (1992, Menção Especial do prémio ACARTE/Maria Madalena de Azeredo Perdigão 1992/93), 'Superman' (2000), 'Hitch' (2003), 'Coup d’État' (2006), 'O REI NO EXÍLIO - REMAKE' (2013) e mais recentemente 'E PUR SI MUOVE' (2014).

Dirigiu as peças de grupo 'Com a morte me enganas' (1994), 'Primeiro Nome: Le' (1994, prémio ACARTE/Maria Madalena de Azeredo Perdigão 1994/95), 'Dom São Sebastião' (1996), 'GUST' (1997), 'More' (1998), 'À Força' (1998), 'Em Troca' (2001, coreografia para a Companhia Nacional de Canto e Dança de Moçambique), 'My Name is Wilde… Oscar Wilde' (2001), 'Silence so Sexy' (2002), 'LIVE|EVIL – EVIL|LIVE' (2005), 'RIP' (2010), 'LOST RIDE' (2011) e 'ANDIAMO!' (2012).

Apresentou espectáculos em co-autoria com Mónica Lapa ('Bimarginário', 1990), Vera Mantero ('blá-blá-blá', 1990), Carlota Lagido ('Sporting Decadence', 2000), Herwig Onghena (“LIVE|EVIL - EVIL|LIVE”, 2005) e Vera Mota ('im-' 2009). Colaborou enquanto coreógrafo em 'Hanare' (2009), desenvolvido com Aldara Bizarro e por ela interpretado. Desenvolveu ainda intervenções para uma obra de Pedro Cabrita Reis em exposição no Museu de Arte Contemporânea de Bona ('O Príncipe da Rua', 1999) e para a exposição de Francis Bacon no Museu de Serralves ('Laughter To My Heart', 2003), bem como os projectos para espaços não-convencionais 'Performers Anónimos' (1999) e 'Danças Privadas' (2000).

Dançou com vários coreógrafos, destacando Paula Massano, Meg Stuart/Damaged Goods em 'Disfigure Study' (1991) , 'BLESSED' (2007), 'All together Now' (2009) e 'UNTIL OUR HEARS STOP' (2015), Alain Platel/Le Ballets C de la B em 'Bonjour Madame, comment allez-vous aujourd’hui, il fait beau, il va sans doute pleuvoir, et cætera' (1993) e Carlota Lagido em 'Lilith' (1998) e 'Self - um auto-retrato em 39 partes' (2004). Tem participado em debates, conferências e encontros internacionais, tais como o European Choreographic Forum 1, CrashLanding@Moscow e Cellbytes 2001.

Ensina regularmente no Fórum Dança e em cursos de licenciatura e mestrado das Escolas Superiores de Dança e de Teatro. Orientou workshops em vários países europeus, sul-americanos, asiáticos e africanos. 

Estudou dança e teatro em Portugal e em Nova Iorque, nomeadamente no Merce Cunningham Dance Studio e Lee Strasberg Theatre Institute. Estudou voz com Lúcia Lemos, guionismo com Luís Falcão e escrita criativa com José Luís Peixoto.

 

Eira © 2013  |  Travessa de São Vicente, 11, 1100-575 Lisboa - Portugal  |  T: + 351 21 353 09 31  eira@eira.pt
 
webdesign: ph-studio